Blog

Da R(o)ute

WebZines






O rufia de volta
10Nov2008 14:10:00
Publicado por: Alfredo

Um dia qualquer, Mark Twain, pouco tempo depois de acordar, provavelmente de ressaca, escreveu (mas parece que já o havia dito a alguém) que “as notícias da minha morte são manifestamente exageradas”. Ia começar assim este manifesto, coisa que acabei por fazer, pese a frase acima referida já ter figurado, inclusivamente, numa festa político/partidária, entre bifanas assadas e ruminantes de cepa duvidosa. Por isso, é só por isso, mantenho a citação, na esperança desmedida de ningué

Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (2174)

Uma esmolinha para a cascatinha
04Mar2008 23:00:00
Publicado por: Alfredo

Às vezes, não raro, apetece-me partir os cornos a alguém. Não o faço só porque sim. Mas apetece quando ouvimos falar da Escola, com letra grande, como se ela só existisse agora. Desta que temos, conheço-a bem. É igual à outra. Só que a malta estava habituada a subir às árvores, ir à fruta, jogar ao peão, correr atrás das gajas e elas atrás, com tempo para piscinas na rua direita, andar à porrada com os gajos de Barcelinhos, e ainda, ler uns l

Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (2325)

Este país não é para ninguém
29Fev2008 15:10:00
Publicado por: Alfredo

Parece que o pãozinho santo vai aumentar 500.000%, ou será perto. Deve. E nem um cigarrinho se pode fumar para comemorar, a não ser dentro de um bidão arejado. Ainda se vai fazer um big brother do bidão.

 

 Este país arrumado a canto, apenas abre os olhos quando a merda lhe chega à barriga. E por pouco temp

Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (2285)

O homem que via passar carneiros
20Fev2008 18:30:00
Publicado por: Alfredo

Pin_quio.jpg

A questão do Sr. Eng. mais ou menos técnico, adquiriu, nos últimos tempos, antena do mais fino quilate. O dito teria acumulado à imagem da babugem lusa, cargos, alvíssaras ou cunhas.  Na realidade o homem nunca fez

Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (2520)

Apresentação com fragmento
12Fev2008 23:10:00
Publicado por: Alfredo

Melancolia a três chaves

Eu sabia que deus a dava. Três ou quatro homens a aspergir o quintal de malefícios divinos. Joana à janela esperando o “senhor” dos móveis.
Ernesto, sereno, espreitando a sua punheta, enquanto lia o jornal.

Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (2278)

Editorial Inútil
06Fev2008 16:00:00
Publicado por: Alfredo

Editorial Inútil

À boleia de alguns mais afoitos, acomoda-se este albergue blogue, em sentido figurado, ou quase. Por certo navegará à bolina em mares revisitados por outros. Passar-se-ão geografias e venturas de cariz virtualmente pessoal. Com vitupérios, ranhetas, Cossacos e Santos, por certo, na demanda de uma Senhora. Viagens, enciclopédias, ciclopes e pesadelos nocturnos. Suores frios e banhos Romanos, Turcos, Árabes e temáticos.

 

Folk e Lore com letra e música do próprio. Se subirmos, à direita, observamos alguns livros, folhetins, estampilhas, piões, selos, cromos, cornetas e vendettas. A seu lado, ainda no mesmo piso, mais um cabaré com livros, circo, BD e temperatura. E uma banda sonora imprópria.

 

Perde-se então o olhar num labirinto que já foi Grego, achando-se um espaço para edição e editoras, coisa séria que sai do corpo e prolonga-se na enxada. Mais ao fundo, já perdido na neblina, o nosso Barracuda, dois ou três templários, um corcunda e a pedra de uma belíssima catedral Gótica.

 

A oriente joga-se uma espécie de Pólo antigo com as cabeças dos nossos inimigos. Por todo o lado música, muita música, contos e fábulas que nos recordam um saguão. E uma roulote chamada Sandokan.

 
O espaço estará intermitentemente aberto a artigos de convidados e a publicações de originais (seja lá do que for).



Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (2196)


1 a 6 de 6 Primeiro | Anterior | Seguinte | Último |