Blog

Da R(o)ute

WebZines






O homem que via passar carneiros
20Fev2008 18:30:00
Publicado por: Alfredo

Pin_quio.jpg

A questão do Sr. Eng. mais ou menos técnico, adquiriu, nos últimos tempos, antena do mais fino quilate. O dito teria acumulado à imagem da babugem lusa, cargos, alvíssaras ou cunhas.  Na realidade o homem nunca fez nada a não ser política. É um produto desnatado e asséptico dos corredores das assembleias seja do que for. Um tipo de joggings para manetas televisivos.

 

Não vi, ou melhor, aparei no ar qualquer coisita do Sr. Eng. no seu solilóquio na SIC. Rapazotes de barba feita, admiraram-se com o jeito emproado de peru de cabaré, do respectivo. Nada. Tudo combinadinho nas arestas mais recônditas da estação, com algaraviada de sucessores, motoristas, “continos” e boys don’t cry senhor Eng. Nada.


Imagem com a Cortesia: WeHavecaosinthegarden

 

Basta ouvir o homem duas ou três vezes para observar o seu modo gracioso de não perceber nada de assuntos REAIS. Na academia, parece que frequentou a fotocopiadora o fax e os entretantos em gabinetes de passagem alargada. Na demanda de um WC chegou um dia à biblioteca. Sol de pouca mas dura e árdua fuga.

É homem que sabe o que quer, para onde vai e de onde vem. É disciplinado como um serial killer do entroncamento e desenha umas casitas para emigrantes acéfalos.

 

De resto tubo bem…



Partilhar:

Artigos Relacionados
Uma esmolinha para a cascatinha


Para poder comentar necessita de iniciar sessào.